CIRURGIA ÍNTIMA

O que é

A Cirurgia Íntima feminina, também chamada de vaginoplastia ou cirurgia da vagina, é o procedimento cirurgico indicado para corrigir alterações da estética vaginal.

Até mesmo nos dias de hoje é um grande tabu para muitas mulheres falar sobre a sua região íntima. Porém não é incomum que várias delas sejam insatisfeitas com a fisionomia dos órgãos genitais.

Uma das queixas comuns entre essas mulheres é a falta de proporção no tamanho de regiões como os pequenos lábios. É comum a queixa dessas pacientes sobre o desconforto na hora de usar lingeries, por exemplo, sem mencionar queixas de dores e ou mesmo vergonha durante o ato sexual.

Outras, não se interessam pela parte estética, mas reclamam de largura excessiva do canal vaginal (normalmente decorrente de pós-parto), o que pode atrapalhar o desempenho sexual da paciente, e consequentemente a sua satisfação na cama.

Aos poucos esse tabu vem sendo quebrado, e essas mulheres procuram a cirurgia plástica para resolver esses problemas através dos procedimentos de vaginoplastia e a labioplastia. A vaginoplastia corresponde à correção da musculatura interna da vagina, não sendo visualizada externamente, não se tratando, portanto de uma cirurgia estética. Ela tem o intuito de “reforçar” a vagina, que se tornou frouxa ou solta pelo parto ou por envelhecimento. É realizada em ambiente hospitalar, com anestesia peridural ou local com sedação. São realizados pontos internos, visando o estreitamento do canal vaginal.

Tecnologia Utilizada

A labioplastia por sua vez é usualmente estética para quem tem interesse em alterar o tamanho dos lábios vaginais – tanto os grandes (externos) quanto os pequenos (no interior da vagina). A cirurgia pode ser feita inclusive em conjunto com a vaginoplastia. Quando é feita a operação nos pequenos lábios, é alterado o tamanho ou forma deles, tornando-os menores ou corrigindo a assimetria entre eles. Na cirurgia dos grandes lábios realiza a retirada ou aplicação de uma pequena quantidade de gordura através de uma lipoaspiração. Após lavar e filtrar a gordura retirada, o cirurgião enxerta a mesma nos grandes lábios para deixá-los mais “cheios”.

Após a intervenção os cuidados são basicamente locais, de higiene. No caso da labioplastia de grandes lábios o local doador de gordura precisa de cinta compressiva e drenagem linfática por cerca de um mês. O retorno ao trabalho se dá de 48 a 72 horas após a intervenção. Atividades físicas são liberadas entre 15 e 30 dias e relações sexuais só depois de 30 ou 40 dias.

© Copyright | Todos os direitos reservados | Vanguarda Comunicação