A gordura abdominal é uma das grandes preocupações de mulheres e homens quando se trata da boa forma física. Principalmente porque, às vezes, por mais que se combine dieta com uma rotina de exercícios físicos, em algumas regiões a gordura não é eliminada, o que incomoda bastante quem deseja melhorar a imagem corporal.

Em situações como essa, a lipoaspiração pode ser uma grande aliada, já que, por meio dela, é possível eliminar depósitos de gordura localizada. Se você deseja saber mais sobre esse procedimento, seus tipos, como é feito e de que forma ele pode beneficiar o seu corpo, continue a leitura.

Antes de mais nada, é importante esclarecer o que é a tão temida gordura localizada e quais são suas causas.

A gordura localizada é uma reserva energética do nosso organismo, usada somente quando outras fontes de energia, como a retirada de glicose da corrente sanguínea e a quebra das proteínas dos nossos músculos, já foram esgotadas. Quando essa reserva de energia não é utilizada e nem gasta por meio de atividades físicas ou de rotina, o tecido adiposo fica acumulado no corpo, em locais como abdômen, coxas, braços, quadris, papadas e outras áreas que são consideradas mais flácidas no corpo.

O desenvolvimento da gordura localizada pode ser causado por razões como:

Não é fácil eliminar a gordura localizada. Por mais que o indivíduo perca peso, o componente adiposo permanece no corpo. E é aí que a lipoaspiração pode surgir como uma alternativa com resultados muito positivos. 

Lipoaspiração: o papel na redução de gordura localizada no abdômen

O que é a lipoaspiração?

Trata-se de uma cirurgia plástica cujo fim é eliminar a gordura localizada. A lipoaspiração não tem como objetivo o emagrecimento, mas a retirada do excesso de tecido adiposo que permanece no corpo por mais que a pessoa tenha bons hábitos alimentares e pratique atividades físicas. 

Quais são os tipos de lipoaspiração?

Na lipoaspiração convencional, são feitos pequenos furos demarcando a região da cirurgia. O médico especializado, então, insere uma cânula (um tubo de dimensões e materiais variados, flexível ou não, usado em procedimentos cirúrgicos com diversas finalidades) nesses furos para quebrar a gordura usando força mecânica (movimentos de vai e vem). Em seguida, a gordura é aspirada do corpo.

Hoje, existem variações da técnica de lipoaspiração, que são usadas dependendo do tipo físico e do resultado desejado pelo indivíduo. 

Lipo a laser 

A lipoaspiração a laser é uma modalidade mais moderna do procedimento. Nesta técnica, a gordura é quebrada por meio de um laser antes da aspiração, o que auxilia no processo de retração da pele e na produção de colágeno e fibra elástica, que reduzem a flacidez da pele.

Lipo 3D

Nesta técnica, o cirurgião aspira a gordura de maneira mais intensa, controlada e precisa. O material retirado é realocado em partes estratégicas do corpo, proporcionando um visual mais atlético, principalmente para pessoas que querem uma “barriga tanquinho”.

Lipo LAD ou HD

A lipoaspiração de alta definição é outra opção para pessoas que querem uma barriga mais definida, com os “gominhos”. A lipo LAD possibilita remover a gordura localizada e, ao mesmo tempo, destacar e evidenciar os músculos, principalmente do abdômen.

Hidrolipo

Neste tipo de lipo, é injetada previamente na gordura uma solução de soro fisiológico e adrenalina. A solução tem o papel de deixar a gordura menos densa, o que faz com que o profissional possa usar menos força para mover a cânula e a gordura se descola com maior facilidade. Além disso, a adrenalina é uma substância vasoconstritora que ajuda a diminuir o sangramento, minimizando hematomas no pós-operatório. 

Microlipo ou minilipo ou lipo light

Usa a mesma técnica da hidrolipo, mas é realizada em proporção bem menor. Ideal para uso na região da papada, das axilas e ao redor do umbigo. 

Para quem é indicada a lipoaspiração?

Para indivíduos que estão dentro ou próximos do peso ideal – logo, como mencionamos antes, não é uma opção para quem precisa perder muito peso. É importante destacar que uma boa elasticidade da pele é essencial para o resultado final, pois quando a gordura é retirada, uma perfeita retração da pele garante o sucesso do procedimento.

A lipoaspiração é uma boa opção para homens ou mulheres que:

Quais são os benefícios da lipoaspiração?

Como é a anestesia da Lipoaspiração

A anestesia da lipoaspiração poderá ser local, peridural ou geral. A definição do tipo vai depender da área em que o procedimento será realizado, da quantidade de gordura a ser aspirada, das condições do paciente e das orientações do médico anestesiologista.

Como é o pré-operatório da lipoaspiração?

O pré-operatório começa em uma consulta médica na qual o paciente será minuciosamente examinado e o médico irá avaliar as expectativas da pessoa e as possibilidades do procedimento.

O médico solicita exames laboratoriais e de risco cirúrgico e faz perguntas como: quais medicamentos o paciente usa atualmente, quais são suas alergias e qual é o histórico de doenças familiares. 

E o pós-operatório?

O pós-operatório, em geral, transcorre sem maiores problemas. É indicado que o indivíduo hidrate-se com frequência, tenha uma dieta rica em proteínas e faça repouso moderado, além de usar nas quantidades e períodos indicados os medicamentos prescritos.

Sessões de drenagem linfática também costumam ser recomendadas para diminuir o excesso de líquido e o inchaço. O uso de cintas modeladoras é imprescindível nos primeiros 60 a 90 dias, mas esse prazo pode aumentar dependendo da evolução de cada pessoa.O que você achou deste conteúdo? Esperamos que ele tenha ajudado você a tirar suas dúvidas e a saber se você é um candidato ou candidata ideal para uma lipoaspiração.

E não esqueça que o Dr. José Cabral Jr. é especialista em Lipo HD com Renuvion, técnica que redefine e aprimora seu contorno corporal e esculpe sua silhueta. Fale conosco agora para saber mais. Até breve!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *